Nossos Artigos

Plastificação

Um hábito a adotarmos para grandes resultados

Rotineiramente, de um modo geral, fazemo-nos usuários de serviços gráficos. No entanto, não fazemos uso de toda a gama de benefícios que esses serviços nos trariam, assim como aos nossos negócios se acrescentássemos a eles um acabamento plástico.

Os aspectos positivos deste acabamento são: a proteção aos atritos e à umidade, melhoria no manuseio, maior facilidade de leitura, aumento significativo da durabilidade, melhor apresentação, facilidade de limpeza, impossibilidade de proliferação de microorganismos que causam deterioração e a melhoria estética de seus documentos, traballhos, serviços, que funcionariam como um cartão de visitas de sua empresa ou negócio.

Plastificação

A afirmação de um hábito a ser seguido vem de comparativos com outros países, principalmente da Europa, América do Norte a alguns da Ásia que captaram os benefícios resultantes da plastificação através da melhor compreensão e incorporação do uso desses finíssimos acabamentos.

O quê costumamos manusear no dia-a-dia?

Relatórios empresariais, catálogos, cardápios, memória de cálculos, desenhos, manuais de instrução, cartões de visitas, fotografias, cópias de certidões, plantas arquitetônicas, banners, fluxogramas, fichas de produção, tabelas de preços, manuais de máquinas, identificações, etiquetas, normas, procedimentos, etc.

A Soquisa em seus 17 anos de trabalho na produção, importação e comercialização de termolamináveis tem acompanhado empresas que se diferenciam positivamente de outras ao considerar, com convicção, que não basta só o impresso, mas como este impresso pode ser melhorado em termos de agregar valores que melhorem sua apresentação, beleza e asseio.

Cabe-nos informar ou comentar que o pouco hábito que temos em melhorar esteticamente nossos documentos e trabalhos origina-se basicamente em dois determinantes:

Nem sempre avaliamos o impulso que teríamos e daríamos com uma melhor apresentação de nossos trabalhos, tornando-os meio de divulgação de negócios ou melhorando a organização, muitas vezes por desconhecermos as opções de tipos e características da ampla gama de aplicações e diversidade de materiais para plastificação;Muitas vezes os que tem e aplicam esta ação aos seus trabalhos não divulgam aos seus parceiros e clientes, usuários dos impressos, as opções disponíveis.

Em algumas situações tomamos conhecimentos de que utilizam-se de processos e materiais inadequados, por não terem o substrato apropriado. No entando, compreendemos como errada esta atitude, pois em nenhum momento deve ser omitido do cliente a opção correta, visto que resulta num desencorajamento do usuário em fazer uso de plastificações/laminações em virtude de um resultado abaixo das expectativas e acaba por distanciar o melhor aproveitamento destes serviços e consequentemente alimenta o continuísmo de impressos sem proteção.

Tratando-se de termolamináveis e lamináveis podemos expressá-los da seguinte forma:

Filmes rígidos e flexíveis;

Filmes a frio e a quente.

Material básico composto de poliéster, polipropileno, vinil, pvc e polietileno.

Poliéster espessos rígidos e semi-rígidos. Em casos excepcionais utiliza-se em plastificações / laminações à frio.Polipropileno baixa espessura e flexível também utilizado em plastificações/laminações à quente e à frio.Vinil filmes flexíveis de pouca utilização e quando ocorre é na condição frio.PVC - material espesso e rígido cujas laminações são feitas na condição de placas.Polietileno - película ou microfilme cuja plastificação / laminação ocorre pelo processo à quente e terá de estar associadas a filmes de poliéster ou celofane para servir de barreira térmica, resultando numa proteção finíssima e extremamente flexível.

Espessuras comumente utilizadas:

38, 80, 125, 175, 200 e 250 microns. Material a base de poliéster, apresentação rígida e semi-rígida com alto brilho e alta resistência ao atrito.

22, 25, 28, 35, 45 e 60 microns. Material a base de polipropileno biorientado (BOPP) e Vinil. Apresentação brilho, fosco.

Barreira resistente a atrito.

Espessuras de 14 a 30 microns. Material a base polietileno de baixa densidade. Apresentação: semi-brilho, hiper-flexível, de moderada resistência a atrito.

Deixe seu feedback

© 2018 Todos os direitos reservados | Desenvolvidos por Ação Net